Topo
O site do Hospital Beatriz Ângelo usa cookies para assegurar uma experiência de utilização adequada e para conhecer o fluxo de visitas e suas características.
Ao navegar neste site está a consentir a utilização de cookies. Para mais informações consulte a Política de Cookies.
Serviço Nacional de Saúde

Hospital Beatriz Ângelo

Navegação Principal do site

Crianças e Jovens em Risco


O Núcleo Hospitalar de Apoio a Crianças e Jovens em Risco (NHACJR) do Hospital Beatriz Ângelo (HBA) é uma equipa multidisciplinar de profissionais de saúde, que tem como função facilitar a articulação dos profissionais do HBA com as instituições que acompanham crianças e jovens em risco.

Criado no âmbito das determinações da «Ação de Saúde para Crianças e Jovens em Risco», que o Governo aprovou em 2008, o NHACJR integra um médico pediatra, um enfermeiro, um psicólogo e um assistente social e funciona preferencialmente como apoio ao Serviço de Pediatria, ainda que acompanhe todos os outros serviços do hospital, nomeadamente o Serviço de Urgência, onde possam ser detetadas situações de risco, abuso ou maus-tratos a crianças e jovens.


São funções deste Núcleo:

  • prestar apoio de consultadoria aos profissionais e equipas de saúde no que respeita à sinalização, acompanhamento ou encaminhamento dos casos; 
  • gerir, a titulo excecional, as situações clínicas que, pelas características que apresentem, possam ser acompanhadas a nível do hospital e que, pelo seu caráter de urgência em matéria de perigo, transcendam as capacidades de intervenção dos outros profissionais ou equipas da instituição; 
  • assegurar a articulação funcional com as comissões de proteção de crianças e jovens (CPCJ) e com o Ministério Público junto dos tribunais;
  • estabelecer a colaboração com outros projetos e recursos comunitários que contribuem para a prevenção e acompanhamento das situações de crianças e jovens em risco;
  • contribuir para a informação prestada à população e sensibilizar os profissionais do setor administrativo e técnico dos diferentes serviços, para a problematica das crianças e jovens em risco; 
  • dinamizar a rede social, de modo a assegurar o acompanhamento dos casos, entre outras.

O Governo, no despacho nº 31292/2008, publicado no Diário da República de 5/12/2008, IIª Série, refere as instituições de saúde como tendo uma responsabilidade particular na deteção precoce de contextos, fatores de risco e sinais de alarme, e no acompanhamento dos casos e sinalização dos mesmos.

Núcleo Hospitalar de Apoio a Crianças e Jovens em Risco do HBA:

  • Alexandra Cunha (Enfermeira)
  • Mécia Barradas (Enfermeira)
  • Sara Silva (Médica Pediatra)
  • Sónia Baião (Serviço Social) (Coordenadora)
  • Vanessa Mendonça (Médica Pediatra)


voltar
 
 
Luz Saúde, S.A., Sociedade Aberta © 2017