Topo
O site do Hospital Beatriz Ângelo usa cookies para assegurar uma experiência de utilização adequada e para conhecer o fluxo de visitas e suas características.
Ao navegar neste site está a consentir a utilização de cookies. Para mais informações consulte a Política de Cookies.
Serviço Nacional de Saúde
República Portuguesa

Hospital Beatriz Ângelo

Navegação Principal do site

 
 
 
 
 

Ortopedista do Hospital da Luz explica na SIC como ter uma boa saúde dos pés

2018-05-25

Ortopedista do Hospital da Luz explica na SIC como ter uma boa saúde dos pés

Manuel Resende de Sousa, coordenador da Unidade de Pé e Tornozelo do Hospital da Luz e médico ortopedista do Hospital Beatriz Ângelo, foi um dos convidados especiais do programa ‘Dr. Saúde’, da SIC, emitido a 23 de maio.

O especialista explicou os cuidados que se deve ter para uma boa saúde dos pés, a origem das doenças que os afetam e as formas de tratamento. «Muitas das doenças dos pés começam no calçado que usamos.

Normalmente, os mais bonitos são os que fazem pior», começou por alertar. Os sapatos de salto muito alto «implicam uma maior sobrecarga na parte da frente do pé, podendo fazer surgir calos» nesta zona, e os que são muito bicudos «podem causar deformidades», pois contrariam a forma natural dos pés.

Quanto à ‘altura ideal’ dos sapatos, «isso depende muito da pessoa: há quem use saltos altos a vida toda e não apresente queixas de lesões nos pés, enquanto outras pessoas têm, mesmo usando saltos rasos», afirmou Manuel Resende de Sousa, recomendando, porém, que não se deve ir além dos três a cinco centímetros de altura ou, então, que se opte por calçado de plataforma, que atenua a diferença de altura entre a parte de trás e a da frente do sapato. Em qualquer dos casos, reduzir a altura dos saltos e escolher sapatos com uma caixa à frente menos afunilada são as melhores formas de prevenir lesões, como calos e joanetes. O médico ortopedista recomenda que nas deslocações diárias entre a casa e o trabalho, por exemplo, se use «calçado confortável», trocando depois, se necessário, por sapatos de salto alto em ocasiões mais formais ou especiais. Manuel Resende de Sousa explicou ainda em que situações é necessário recorrer à cirurgia para corrigir os joanetes.

Ver a participação de Manuel Resende de Sousa no programa (a partir do minuto 14) 

 

voltar
 
 
Luz Saúde, S.A., Sociedade Aberta © 2018